Informações do Curso

O Curso de Atualização Semipresencial Gestão das Condições de Trabalho e Saúde dos Trabalhadores da Saúde (Cegest) é resultado de uma parceria entre a Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e o Departamento de Gestão e da Regulação do Trabalho em Saúde (Degerts) do Ministério da Saúde.

A estrutura do Cegest está alicerçada nos pressupostos da qualificação dos gestores e da ampliação dos espaços de negociação sobre as relações de trabalho considerados fundamentais para a implantação da política de promoção da saúde do trabalhador da saúde.

Quanto à qualificação dos gestores, os cenários que propiciam contato direto do participante do curso com os dilemas e as condutas na gestão das condições de trabalho serão encarados no desenrolar das atividades como oportunidades pedagógicas para o desenvolvimento de conceitos, metodologias e ferramentas pertinentes aos objetivos propostos.

Nessa direção, o projeto político-pedagógico do Cegest reforça o aprendizado em torno de problemas a fim de orientar a elaboração de propostas e intervenções orientadas pelas Diretrizes da Política Nacional de Promoção da Saúde do Trabalhador do Sistema Único de Saúde – SUS (Brasil/MS, 2011a). Tal projeto considera ainda que os próprios participantes (profissionais da saúde) são os protagonistas do seu processo de aprendizado.

A construção desse processo por sujeitos inseridos na gestão do trabalho no SUS se beneficia das vantagens potentes que tal inserção propicia para os objetivos da promoção da saúde. As situações ocupacionais dos sujeitos que constituem alvo das ações são adequadas para interpretar e criticar os modelos existentes no âmbito da gestão do trabalho.

São objetivos do Cegest:

1. Conhecer e contribuir para a implantação da Política Nacional de Promoção da Saúde do Trabalhador do SUS;

2. Examinar a articulação entre as ações de promoção e vigilância à saúde do trabalhador do SUS e as intervenções da gestão do trabalho no SUS;

3. Entender e praticar a elaboração de propostas de intervenção para o fortalecimento da gestão das condições de saúde e trabalho no setor saúde (CST / Saúde); e

4. Conhecer os espaços de negociação visando à melhoria das condições de trabalho nos estabelecimentos do SUS.

A afinidade e os interesses comuns dos servidores de instituições públicas articulados em torno de projetos ocupacionais são fundamentais para o exercício de pleitos que fomentem as atividades de promoção da saúde. Definem-se como potenciais atores do aprendizado do Cegest:

1. Gestores, gerentes e dirigentes do SUS responsáveis pela formulação e execução de programas, planos e políticas em sistemas e serviços de saúde e funcionários atuando em áreas afins;

2. Membros das mesas de negociação permanente do SUS;

3. Profissionais atuantes na área de saúde do trabalhador nos estabelecimentos de saúde do SUS como Centros de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest), Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH), Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho (SESMT), Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa), Comissões de Saúde;

4. Outros.